fbpx
5G global network background technology with futuristic transpar

5G na saúde: tecnologia transforma relação médico-paciente

O 5G deve chegar no Brasil até julho de 2022 e promete estimular ainda mais novas tecnologias voltadas à saúde e os investimentos na área. Segundo o relatório Internacional Data Corporation, os investimentos tecnológicos na área da saúde na América Latina devem chegar perto dos R$ 10 bilhões neste ano.

Os aportes em healthtechs também são reflexo da importância cada vez maior das inovações na área, especialmente após a pandemia. Em 2021, a soma dos aportes recebidos por healthtechs brasileiras foi de US$ 530 milhões, 400% a mais do que o recebido em 2020. Com o 5G, esse cenário fica ainda mais promissor.

Com capacidade altíssima de velocidade, até 100 vezes maior que a internet 4G, a quinta geração da internet móvel deve possibilitar maior transmissão de dados e encurtar tempo de resposta entre médicos e pacientes, aumentando a eficiência na comunicação, além de possibilitar novas tecnologias para consultas remotas, com ferramentas essenciais para liberar informações em tempo real para paciente e profissionais de saúde.

“O Brasil já vive os primeiros movimentos para a chegada do 5G, que deve impactar positivamente o setor da saúde, garantindo, especialmente, o atendimento efetivo nos centros hospitalares por meio da conexão de alta estabilidade. Assistências remotas, por exemplo, poderão ser realizadas sem interferências de falta de conexão e com mais agilidade”, prevê Luis Albinati, CEO e fundador da Vitalicia, plataforma de comunicação que promove engajamento, fidelização e aumenta a satisfação dos pacientes de clínicas.

Segundo o especialista, a nova geração de redes móveis será capaz de otimizar a rotina de saúde do paciente e sua comunicação com o médico, com a rápida transferência de dados e a diminuição de período de latência, além da confiabilidade das conexões.

“Não há dúvidas de que essa tecnologia trará um salto de conectividade no atendimento em redes de saúde. A interação entre médico e paciente será facilitada e a saúde obterá ganhos incalculáveis, como a própria vida em alguns casos”, finaliza o executivo.

 

Texto por: Terra | www.terra.com.br

Leia mais
fbenevides 8 de abril de 2022 0 Comentários
Loei, Thailand - May 10, 2017: Hand holding samsung s8 with mobi

Mark Zuckerberg anuncia mudança de nome do Facebook para Meta

Durante o evento Facebook Connect realizado na tarde desta quinta-feira (28), o CEO da empresa, Mark Zuckerberg, comunicou a mudança de nome do Facebook. Agora, a companhia passará a se chamar “Meta”.

A nova nomenclatura começa a valer de imediato e buscará separar os apps com o desenvolvimento de novas plataformas – já que a empresa tem trabalhado em criar um novo “Metaverso” voltado às realidades aumentada e virtual.

 

 

De acordo com a companhia, a Meta dará vida ao Metaverso, a fim de conectar amigos e familiares, encontrar comunidades e ajudar os negócios a crescerem. O nome foi escolhido para significar “além”, justamente pois as tecnologias simbolizam ir além das restrições de telas, limites de distância e até da física.

“No momento, nossa marca está tão fortemente ligada a um produto que não pode representar tudo o que estamos fazendo hoje, muito menos no futuro. Com o tempo, espero que sejamos vistos como uma empresa ‘metaversa’, e quero ancorar nosso trabalho e identidade no que estamos construindo.” – Mark Zuckerberg

O logo da Meta consiste em um símbolo de infinito com uma perspectiva distinta, para se assemelhar a um “M”.

Mudança era esperada

Os rumores indicavam essa mudança de nome desde a última semana. A estratégia do Facebook seria isolar a rede social como um produto separado do grupo e mudar a imagem da empresa como um todo.

Vale lembrar que o Facebook e Zuckerberg têm se envolvido em uma série de polêmicas de segurança nos últimos anos. A mais recente foi com denúncias de uma ex-funcionária, a qual afirma que a organização se preocupa mais com lucros do que pessoas.

Aplicativo não será mudado

Apesar da alteração do nome da empresa Facebook, as redes sociais não sofrerão qualquer modificação neste momento, segundo Zuckerberg. Isso significa que o aplicativo do Facebook seguirá com este nome, bem como as demais ferramentas – Instagram, Messenger, WhatsApp e Oculus.

E aí, o que você achou do novo nome Meta dado ao Facebook? Participe conosco!

 

Texto por: Tudo Celular | www.tudocelular.com

Leia mais
fbenevides 29 de outubro de 2021 0 Comentários
Omni channel technology of online retail business.

Flutter: O principal concorrente do React Native?

As inovações da gigante Google não param de aparecer, e agora é a vez de falarmos do Flutter: ele veio para concorrer com o React Native?
Já falamos aqui da linguagem Dart, que foi criada pela Google, inicialmente, para substituir o JavaScript. Mas essa grande empresa de tecnologias não parou por aí…
O Flutter é um kit de desenvolvimento de interfaces de usuário de código aberto, que possibilita a criação de aplicativos compilados nativamente em Android, iOS, Windows, Mac, Linux, Google Fuchsia e Web.
Apesar de possuir a mesma proposta do React Native, existe uma diferença fundamental entre os dois kits: O Flutter utiliza Dart, enquanto o React Native utiliza JavaScript.
É por isso que o Flutter pode ser um forte concorrente do React Native no mercado de desenvolvimento: ambos são feitos com o propósito de concentrar o desenvolvimento de aplicativos mobile utilizando apenas uma linguagem de programação.
No entanto, cada um deles possui suas particularidades, vantagens e desvantagens, que devem ser analisadas antes de se sair desenvolvendo aplicativos por aí.
Conte com a FBenevides

Estamos aqui para ajudar você a realizar seu sonho

Texto por: Fbenevides Tecnologia | www.fbenevides.com.br

Leia mais
fbenevides 14 de setembro de 2021 0 Comentários
Digital marketing. Businessman using modern interface payments o

Consultoria é a peça-chave para uma transformação digital efetiva

Fazer parte do universo digital é um requisito básico para a sobrevivência das mais diversas empresas, e o caminho para a digitalização envolve muito mais do que a escolha da implementação de determinadas tecnologias. Ter parceiros experts é fundamental, principalmente, porque em um cenário com tantas inovações, é praticamente impossível um mesmo profissional ser especialista em tudo. Assim, ao falarmos de transformação digital, temos que abordar também sobre o papel de uma consultoria efetiva para as empresas.

Um estudo divulgado no ano passado pela “Futurum Research, empresa de pesquisa, análise e consultoria focada em inovação digital, mostra que muitos funcionários se sentem excluídos do processo de transformação. Dos colaboradores entrevistados, 94% disseram que querem se envolver mais na adoção de novas tecnologias, porém 44% não sabem ajudar. Os dados, portanto, reforçam a importância dos negócios firmarem parcerias estratégicas para que possam guiar os passos dos empreendimentos e inclusive, auxiliarem colaboradores na nova jornada digital.

Não ter a ajuda desses profissionais resulta no mal aproveitamento de tecnologias e consequentemente, na sensação de que o valor investido em determinada solução, não valeu a pena. É por isso que a parceria com especialistas não é um custo extra, é na verdade, um investimento complementar e fundamental para aumentar a inteligência dos negócios.

Segundo a pesquisa Mapa de Digitalização das Micro e Pequenas Empresas Brasileiras“, divulgada este ano pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), somente nas micro e pequenas empresas nacionais a média de maturidade digital é de 40,77 pontos em uma escala de 0 a 100, sendo o número maior, a classificação “totalmente digital”. A falta de estratégias e o desconhecimento de como seguir um caminho assertivo para a transformação digital é citada por 25% dos empresários como a principal dificuldade a ser superada.

Assim, uma consultoria especializada que não faz parte da empresa pode trazer novas visões, contribuir com insights diferentes e indicar caminhos mais estratégicos baseados em dados e pesquisas. Geralmente, especialistas atendem diversos segmentos distintos, o que faz com que tenham uma vasta experiência.

Além disso, o trabalho de consultoria também resulta em mais agilidade no processo de implementação do digital, o que é essencial, em um cenário em que cada vez mais tempo vale dinheiro. A segurança de que tudo está sendo aderido da maneira correta, e que erros durante o processo de implementação serão minimizados, também são pontos a favor da consultoria.

Concluo que tão importante quanto contar com boas tecnologias nos negócios, é ter profissionais experts que contribuam para que estas sejam aproveitadas da melhor maneira possível e de forma cada vez mais assertiva. Pense nisso! 

Armindo Sgorlon atua como empreendedor desde os 23 anos. O empresário possui MBA em Gestão Estratégica pela USP e acredita que a tecnologia é capaz de transformar todos os setores e negócios. Atualmente é CEO da SGA TI em Nuvem.

 

Texto por: TI Inside | www.tiinside.com.br

Leia mais
fbenevides 3 de setembro de 2021 0 Comentários